download (63)

Prefeitura de São Mateus, ES, vai cortar supersalários de servidores

Teto no município é o salário do prefeito, de R$ 12.914,00.
Em alguns dos casos, servidor ultrapassava teto e recebia R$ 31 mil.

Pela regra, no município, nenhum servidor pode receber um salário que seja superior ao do prefeito. Em São Mateus, o salário do chefe do Executivo é de R$ 12.914,00.

No caso dos 18 servidores, os salários variam de R$ 13 mil a R$ 31 mil. Ao todo, a prefeitura gastava cerca de R$ 364 mil por mês só com esses profissionais, que trabalham nos setores administrativo, jurídico e financeiro da prefeitura e até aposentados.

O ex-prefeito de São Mateus, Amadeu Boroto, disse que os salários dos servidores eram altos porque são acrescidos de gratificações por tempo de trabalho na prefeitura e garantidas pelo estatuto do servidor.

Mas o atual prefeito, Daniel Santana, disse que o levantamento foi feito em toda a prefeitura e os cortes serão realizados.

“O nosso jurídico viu que estava errado e me passou. A gente não pode continuar com coisa errada, a gente não está no lado pessoal e sim procurando fazer as coisas certas. O pagamento estava sendo feito irregular e o jurídico constatou que tem que acertar e acertar é colocar no teto do prefeito”, disse o prefeito Daniel Santana.

Os 18 servidores já foram comunicados. A redução será realizada no pagamento do mês de janeiro. A economia para o município será de R$1,8 milhão por ano. Segundo o prefeito, o dinheiro será usado para pagar dívidas do município, que chega a R$ 65 milhões.

Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2017/02/prefeitura-de-sao-mateus-es-vai-cortar-supersalarios-de-servidores.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *