fena

Abertura oficial do Congresso Jornalismo e Segurança Pública é feita em Brasília-DF

A abertura oficial do 1º Congresso de Jornalismo e Segurança Pública ocorreu na tarde desta terça-feira (21), em Brasília, com a participação de policiais federais, jornalistas, acadêmicos e gestores públicos. O presidente e o vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens e Flávio Werneck, deram as boas vindas aos participantes.  “A sequência de palestras que integram o evento apresentará dados, a visão interna da polícia, além de soluções que vão ampliar o debate sobre Segurança Pública no Brasil”, defendeu Boudens.

Em sua fala, o vice-presidente da Federação, Flávio Werneck, destacou a importância dos jornalistas para inserir o tema na agenda de debates nacional e lançou um desafio aos participantes. “Quero que tentem responder, ao final do encontro, por que temos que continuar com uma cultura de segurança pública ineficiente, se já existem modelos melhores?”

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Robalinho Cavalcanti, também reforçou a necessidade de modernizar a segurança pública e citou como exemplo os inquéritos policiais, que “estão em funcionamento a 150 anos, travam o andamento criminal e torna o processo de elucidação de crimes burocrático e moroso”.

Segundo Robalinho, “o modelo de Segurança Pública brasileiro é mais semelhante ao de Portugal no século XVI, que os modelos adotados em todo o mundo nos dias atuais”.

O ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Carlos Fernando Matias, fez referência à policia como sinônimo de cultura e civilização. “Para mim é uma honra participar de um evento, com tanta relevância”, finalizou.

PROGRAMAÇÃO

O 1º Congresso de Jornalismo e Segurança Pública vai receber nomes importantes como o do presidente do Forúm Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), Renato Sergio de Lima, e do fundador do Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar (GATE) e professor da USP, Diógenes Lucca.

Também estão previstos debates com os policiais Eliel Teixeira, da Polícia do Condado de Los Angeles (EUA), e Rob Salomão, da Polícia Real Montada do Canadá, sobre o modelo de investigação brasileiro; além de jornalistas que se destacaram na cobertura da Lava-Jato e da crise de Segurança Pública em 2017.

O evento é aberto ao público. Mais informações em www.fenapef.org.br/congresso.

 

Fonte original: http://www.fenapef.org.br/abertura-oficial-do-congresso-de-jornalismo-e-seguranca-publica-e-realizada-em-brasilia-df/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *