privis

Governo Federal ataca servidores públicos em nova campanha

Governo Federal divulgou neste final de semana um contra-ataque para defender sua proposta de Reforma da Previdência.

Na nova peça publicitária, exibida em horários nobres dos canais abertos de televisão, o Governo explicitamente informa que a reforma irá combater os privilégios.

Em um dos comerciais, o Governo compara um trabalhador da iniciativa privada com um servidor público com remuneração de 35 mil reais. Em determinado momento, a publicidade diz que o trabalhador da iniciativa privada “vai receber o teto da previdência de 5 mil e poucos reais, e ainda corre o risco de ter seus salários atrasados por conta dos privilégios (do servidor público)”.

O slogan utilizado pelo Governo Federal nesta campanha é o “Todos pela igualdade” e em outras peças ainda faz uso de pessoas mais humildes, pedindo a todos que se unam a favor da reforma, caso contrário eles não irão se aposentar.

Além destes ataques, outra peça publicitária faz uma referência ao comercial do Posto Ipiranga, onde uma senhora chega a perguntar: “onde encontro muita gente trabalhando muito para pagar esses privilégios de poucos?”, se referindo aos servidores públicos.

SINFFAZFISCO se juntou à outras entidades para combater diretamente esta proposta. Nas últimas semanas, mais de 30 entidades que representam servidores de diversos setores e movimentos sociais se uniram para pressionar o posicionamento dos parlamentares de Minas Gerais.

Assim como acontece em outros Estados, os sindicatos desenvolveram diversas ações para impedir que os Deputados votem a favor da aprovação da Reforma da Previdência e a campanha “Se Votar Não Volta” já tem repercutido nas bases eleitorais dos parlamentares.

Fonte original: https://www.sinffazfisco.org.br/governo-federal-ataca-servidores-publicos-em-nova-campanha/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *